terça-feira, dezembro 19, 2017

Nota sobre as Eleições 2018 (2) - O reboot da Lava-Jato

Há vários processos contra políticos federais relacionados à Lava-Jato que, por causa da legislação, estão mofando no STF. Acontece o seguinte: no ano que vem tem eleições (dãã!), e sabem o que irá acontecer com os políticos que não forem reeleitos? Voltarão para a primeira instância. Sim, cairão nas mãos do Moro. A Lava-Jato durará uns 10 anos no mínimo.

terça-feira, dezembro 12, 2017

Nota sobre as Eleições 2018 (1) - Virgílio quer ser Trump, mas o PSDB não é o Partido Republicano

Arthur Virgílio Neto (pai do Arthur Virgílio Bisneto e filho do Arthur Virgilho Filho,- parece um pouco óbvio dizer isso, mas vale citá-los porque TODOS ELES foram/são políticos pelo Amazonas. Depois falam do Bolsonaro...) resolveu peitar a nomenklatura do PSDB e pedir prévias no partido para definir quem será o candidato em 2018. Se o PSDB fosse um partido realmente democrático consideraria com bastante cuidado essa candidatura, pois agora que o João Dória arregou o Virgílio é a ÚNICA pessoa com um perfil minimamente anti-PT e inclusive com um temperamento marrento e peitador próximo até ao do Jair Bolsonaro - apesar de ser diplomata de carreira, o AVN foi um aguerrido opositor ao Lula no Senado (que perdeu a reeleição em 2010, mas que se recuperou sendo eleito e reeleito prefeito de Manaus, conseguindo fazer até um papel bonito puxando votos para o Aécio em 2014) e é faixa-vermelha de jiu-jitsu.

Mas o PSDB não é um partido democrático. A literatura da ciência política divide os partidos em dois tipos: os de quadros e os de massas. Os partidos de quadros são aqueles onde os dirigentes fazem o que mandam, sem nenhuma possibilidade dos demais filiados darem pitaco. Já os de massas onde há uma participação ativa e palpável dos militantes - sim, eu sei, há a Lei de Ferro da Oligarquia, mas ainda sim é possível nesse caso. Sabem quando que o PSDB fez prévias para escolher candidato à presidente: NUNCA. No Brasil gostavam de dizer que "o PT era o único partido onde há prévias para escolher o candidato presidencial". A semvergonhice dos cientistas políticos militantes os impediu de ver que essas prévias era um joguinho de cartas marcadas, tal qual reuniões de movimento estudantil, para escolher o Lula. Ou vocês acham que iriam deixar que o Suplicy fosse escolhido o candidato em 2002?

As prévias do PT têm a proeza de se constituírem mais como cartas marcadas que a do Partido Democrata, onde há uma concorrência palpável... Onde sempre o candidato preferido da cúpula vence. Falam tanto do Partido Republicano, mas ele pode ser considerado o partido político mais democrático do mundo atualmente. Houve DOIS casos onde o candidato preferido da cúpula partidária PERDEU as prévias: o Barry Goldwater em 1964 e... Donald Trump em 2016.

O Arthur Virgílio Neto talvez seja o político mais próximo em termos de personalidade ao Donald Trump. Infelizmente, para ele, o PSDB não lembra nem de longe o Partido Republicano. Assim, é mais fácil ele sair do partido e tentar outras paragens do que insistir numa prévia que fatalmente jamais acontecerá.

sexta-feira, dezembro 01, 2017

Copa do Mundo 2018 sem Itália - Fase de grupos

Chegamos ao grande momento dos palpites infundados - com os favoritos em caixa alta!

Teremos 3 grupos com partidas que serão verdadeiras peladas (A, G e H), outros mais ou menos (B, C

Grupo A - RÚSSIA (vou me arrepender disso...), Arábia Saudita, Egito e URUGUAI (1º)

Um sorteio na Rússia é óbvio que a Rússia seria (((favorecida))). Ela tem plenas condições de ir para as oitavas (em segundo lugar, pois é IMPOSSÍVEL que o Uruguai com o Cavani e o Suárez Mordedor não fique em primeiro). E ela está em casa. O máximo que pode acontecer é o Egito aprontar uma zebra, como a Argélia fez na última copa (com ajuda de uma caneta laser providencial). No mais, salvo pelo Uruguai, será um grupo terrível de se assistir. Ah, sim: preparem para as botinadas, pois russos, egípcios e uruguaios são caniceiros...

Grupo B - PORTUGAL, ESPANHA, Marrocos e Irã

Atenção: é um grupo com grandes propensões a apresentar zebras. Tanto Portugal como Espanha estão na descendência. No entanto, o nível de Marrocos e Irã ainda é baixo para que representem uma ameaça inconteste. Aposto nos dois ibéricos, mas sem muita convicção. E vou arriscar um palpite de que a Espanha começou um ciclo "Copa sim, Copa não".

Grupo C - FRANÇA (é possível que eu me arrependa disso), Austrália, PERU (Peru) e Dinamarca DINAMARCA

Atenção (2): essa é a Copa NÃO da França. Explico: a França desde 1998 alterna copas boas com outras catastróficas. 1998 - Campeã. 2002 - eliminada na primeira fase. 2006 - vice-campeã. 2010 - eliminada na primeira fase. 2014 - quartas de final. 2018... Além disso, a Dinamarca é uma adversária problemática para ela. Em 1998 ela ganhou; já em 2002 ela foi eliminada PELA DINAMARCA na primeira fase. Ainda sim eu acho que a França consegue ganhar do saco de pancadas australiano e arrancar pontos fundamentais do Peru e/ou da Dinamarca. Já o Peru eu aposto que será a grande surpresa nessa Copa. Todos irão olhar para a Dinamarca (ou França) e encontrar o Guerrero. (Atualização: o Guerreiro está fora da Copa por dopping. Sendo assim, a Dinamarca vai largar bem na frente).

Grupo D - ARGENTINA, Islândia, Croácia e Nigéria

Grupinho enjoado esse dos hermanos! Mas eles vão se classificar, nem que sejam em segundo. O busílis aqui está na rivalidade entre Islândia e Croácia. Em 2014 a Croácia eliminou a Islândia na última partida da repescagem. Já nessas eliminatórias, foi a Islândia quem mandou a Croácia para a repescagem! Não arrisco nenhum palpite. Quanto à Nigéria, ela se perderá de novo em sua desorganização. Não vou dar nenhum palpite aqui.

Grupo F - ALEMANHA, MÉXICO, México, Suécia e Coreia do Sul

É um grupo médio para fácil para os atuais campeões do mundo. Há muito tempo que desanquei da Suécia. Desde do gol de ouro contra Senegal eles nunca mais se recuperaram. Mas pode ser que sem a inhaca do Ibrahimovic eles consigam fazer algo que preste. No entanto, fico com o México por corporativismo latino-americano.
(Atualização: não me atentei para o fato de que a Suécia eliminou a Holanda e a Itália. Geralmente seleções europeias que eliminam grandes conseguem ir pelo menos até às oitavas de final, como a Iugoslávia em 1990 (eliminou a França do Cantona e foi até as quartas), a Noruega (oitavas) e Holanda (quartas) em 1994, que eliminaram a Inglaterra, e a Suécia e Bulgária (semis), também em 1994, que eliminaram a França (também de Cantona - depois disso tiraram sua inhaca do time e passaram a investir num tal de Zidane...)

Grupo G - BÉLGICA, INGLATERRA (é possível que me arrependa disso), Tunísia e Panamá

A Bélgica lembra aquele time do Perfectum do Tiny Toons (o do episódio em que o Plucky quase vende o resultado). São esnobes e estão mais experimentados que na última Copa/Eurocopa. Mereceriam ser eliminados na primeira fase (a Inglaterra também), mas os outros rivais (a Tunísia um pouco menos) são tão vergonhosos que conseguem passar fácil. E não, o Panamá não é a Costa Rica dessa Copa - já disse que será o Peru.

Grupo H - Polônia COLÔMBIA, SENEGAL e Japão

A Polônia é um Portugal piorado, e tem um histórico recente de participações vexaminosas em Copa. Já Senegal (o que será o segundo, sendo a Colômbia a primeira) quase foi garfado nas eliminatórias, quando foi literalmente roubado pelo juiz numa partida contra a África do Sul (tiveram que repetir a partida e Senegal ganhou, eliminando a lusófona Cabo Verde e a minha querida Burkina Faso com sua gloriosa capital Ougadougou). Para não falar que fez bonito na única Copa que fez. Toda copa tem um africano para se destacar, e nessa esse será o país. De resto, um grupo chato - salvo pela Colômbia.

Agora vamos para os finalmentes:

Grupo E - BRASIL, Suíça, Costa Rica e SÉRVIA (vou me arrepender disso...)

Não era o grupo da morte que eu esperava, mas definitivamente é um GRUPO DA MORTE. A Suíça joga um ferrolho horrível, e a Sérvia... Bem, a Sérvia tem uma desvantagem de ser que é uma mentalidade cabeça-quente legitimamente africana. Mas atenção: por laços históricos com a Rússia ela será o segundo time local - para piorar, jogaremos contra eles justamente na única partida que faremos em Moscou na primeira fase. E falando nisso: a logística será horrível: a primeira partida será em Rostov (ali perto da Crimeia) e a segunda partida em São Petersburgo. Quem comprou pacote para ver todos os jogos do Brasil prepare a grana... Quanto à Costa Rica, a geração de ticos que surpreendeu o mundo na última copa está 4 anos mais velha. Lembram da Bulgária em 1998? Lembram da Croácia em 2002? Pois é... É um grupo da morte para o Brasil porque qualquer tropeço ficaremos em segundo, e daí enfrentaremos o primeiro lugar do Grupo... F. Temos plenas condições de ganhar dos alemães, mas NÃO NUMA PARTIDA QUE NÃO SEJA A FINAL.

No entanto, se conseguirmos sobreviver em primeiro lugar, teremos um caminho tranquilo até a final. Aqui vai meu palpite - que será jogado no lixo com os fatos:

Nas oitavas de final, o encadeamento ficaria:

Uruguai x Portugal (Preparem suas canelas!  - Uruguai)

França x X (França)

Brasil x México (em Samara Brasil)

O México não dá sorte nem com reza brava.

Bélgica x Senegal (Bélgica)

Espanha x Rússia (Espanha)

Argentina x Peru (Argentina)

Alemanha x Sérvia (Alemanha - mas atenção: a Alemanha tem um histórico de vexames contra times do leste europeu em playoffs)

Inglaterra x Colômbia (Colômbia)

Quartas de Final

Uruguai x França (França - talvez eu esteja jogando muito alto aqui...)

Brasil x Bélgica (em Kazan - Brasil)

A sina dos belgas parece ser perder para sul-americanos nos playoffs. Vide contra a Argentina em 1986, contra nós em 2002 e contra a Argentina em 2014.

Argentina x Espanha (Argentina)

Alemanha x Colômbia (Alemanha)

Semi-Finais

Brasil x França (em São PetersburgoBrasil)

Sim, é verdade, somos fregueses da França. No entanto, na vez em que ganhamos, foi justamente numa semi-final. Podemos perder nas quartas, na final... Mas JAMAIS nas semis.

Alemanha x Argentina (sem palpite)

sexta-feira, novembro 17, 2017

O Gato de Schrödinger II - Mais fatos

Como disse no post anterior, a Dilma teve 54,5 milhões de votos, contra 51 do Aécio. É razoável que tanto o PT como o PSDB terão MENOS em 2018 que em 2014. A questão é: quantos votos a menos terão?
No caso do PSDB é difícil saber, pois o principal responsável pela queda em 2018 será o sr. Aécio Neves - por mais que outros tucanos graúdos tenham sido denunciados na Lava-Jato. Obviamente, o PSDB cairá MENOS que o PT em 2018, pelos seguintes motivos: 1) não foi o PSDB quem cometeu o maior estelionato eleitoral da história da Nova (((República))); 2) está ocorrendo algum sucesso - não sem razão - em escolher o Aécio como bode expiatório do partido; 3) ao contrário do PT, o PSDB está claramente dividido - na questão do Aécio, no apoio ao Temer, cabeças brancas x cabeças pretas, etc. Em uma estimativa conservadora, acredito que o PSDB perderá 5 milhões de votos em 2018
E o PT? Bem, no caso dele é mais fácil fazer uma previsão, bastando usar o... PSDB como base. Até porque o próprio PSDB também cometeu estelionato eleitoral durante a reeleição do Fernando Henrique, lembram? Vamos às eleições de 1998:
Fernando Henrique - 36 milhões (53,6%)
Lula - 21,2 milhões (31,7%)
Ciro Gomes - 7,4 milhões (11%)
Agora, 2002:
Lula - 52,7 milhões (61,3%)
Serra - 33,4 milhões (38,7%)
Ou seja: com um estelionato eleitoral bem menos grave que o da Dilma (lembrando que em 1999, mesmo com a maxidesvalorização, a economia apenas ficou estagnada), o PSDB perdeu quase 10% dos eleitores de 1998. É plausível esperar, também numa estimativa conservadora, que o PT perca 20% de seus eleitores em 2018 (a crise foi pior, houve impeachment, etc.), o que dá aproximadamente 11 milhões de eleitores.

Assim, extraordinários 16 milhões de votos de eleitores decepcionados estão em disputa. Esses votos não irão nem para o PT, nem para o PSDB.

E tem mais uma coisa. Abro um parêntesis aqui para a importância de se fazer campanha entre os que não irão votar. Vejam esses dados:
1998 -
Brancos e Nulos - 15,4 milhões (18,7%)
Abstenções - 22,8 milhões (21,49%)
2002 -
Brancos e Nulos - 5,5 milhões (6%)
Abstenções - 20,4 milhões (20,47%)
É claro que grande parte da diferença entre brancos/nulos foi causada pela implantação da urna eletrônica, e que pode ter havido um apuramento no cadastro de eleitores e em menos erros para os analfabetos/semi-analfabetos. Fato é: 12,3 milhões de pessoas que não votaram ou não escolheram nenhum candidato em 1998 podem muito bem ter decidido pelo Lula em 2002. E isso num cenário onde era perfeitamente possível ter havido um cenário de anomia pós-estelionato e esse numero ter subido.
Vamos às contas:
Lula/98 - 21,2
10%FHC  3
Ciro          7,4
B/N/A     12,3
                42,9

PS: o Lula pode ter carisma, mas perdeu uma coisa com o impeachment: o PT saiu do poder e o Bolsa-Família não acabou...

domingo, novembro 12, 2017

Eleições 2018 - Contra o Gato de Schrödinger

Tentarei fazer aqui uma previsão para as eleições de 2018 sem a ajuda de NENHUMA pesquisa - pois pesquisas são como o gato de Schrödinger, que está vivo e morto ao mesmo tempo. Senão vejamos o resultado do segundo turno:

Dilma - 54.501.118
Aécio- 51.041.155

A Dilma ganhou nos estados do Amazonas, Pará, Amapá, Tocantins, todos do Nordeste, Rio de Janeiro e Minas Gerais.
Vamos supor que o Lula consiga se candidatar (o que é bastante provável). Ele terá palanque favorável nos seguintes estados: Minas Gerais, Bahia, Alagoas (obrigado, Calheiros!), Ceará e Piauí. Na Bahia, no entanto, ele enfrentará problemas, pois ao que parece, pela primeira vez o PT encontrará uma oposição local digna desse nome - o ACM Nato Neto. Em Minas, por sua vez, o cenário é de terra arrasada - e poucos parecem se dar conta disso. O governador petista, Fernando Pimentel, deixou de pagar salários dos servidores. Já a atual oposição atende por Aécio Neves e irmã...
Em todo caso, sinceramente não acredito que o Lula consiga repetir ou superar esses 54,5 milhões da Dilma. Seja pelo desgaste natural de 3,5 mandatos, seja pelo impeachment da Dilma, seja pelas condenações na justiça, pela inflexão conservadora que parece estar tomando conta do país, etc. O meu palpite é que ele conseguirá se candidatar, como sói a justiça brasileira permite, conseguirá ir até o segundo turno (e não é impossível que ele ganhe no primeiro), mas não vai voltar para o Planalto.
E quem irá disputar com ele? Está se desenrolando um cenário semelhante à cidade do Rio de Janeiro, onde havia um candidato assumidamente de esquerda (Freixo) e demais "favoritos" disputando entre si. Pode ser o Bolsonaro? Sim, pode. Mas, por default, pode acabar sendo alguém em quem a maioria irá votar fechando o nariz para evitar que o Lula volte. Tipo... o Alckmin
Ah, sim: outro dado importante: a quantidade de votos brancos/nulos/abstenções irá aumentar - o que atingirá principalmente o Lula. E não precisa ser muitos eleitores. 3,5 milhões já são o bastante.
Se o Bolsonaro quiser ganhar, ele deve fazer o seguinte:
1) investir em Minas
2) investir nos potenciais eleitores que pensam em simplesmente não votar.

quarta-feira, outubro 11, 2017

Eliminatórias 2018 - Europa: Prestação de contas

Chegou a hora de ver o quanto me lasquei nas previsões. Lembrando que as fiz antes até da Eurocopa. 2 pontos se acertei o primeiro e o segundo lugar, 1 se acertei apenas 1 e 0 se não acertei nada

Grupo A - Holanda, França, Suécia, Bulgária, Belarus e Luxemburgo

E já temos um grupo da morte! Desses, o que aposto que será a seleção mais estável será a França - que fez na última Copa exatamente o que eu esperava dela-, pois a Holanda já não terá a base que teve em 2010 e 2014 e, no caso da Suécia, já não terão mais Ibrahimovic. As partidas contra a Bulgária e a Belarus serão o fiel da balança. Sem palpites.


Eu adivinhei que a FRANÇA se daria melhor, mas me faltou convicções, então vou contar como 50% de acerto. Quanto ao segundo caso, a Holanda deu uma pipocada daquelas, como em 2002, e não conseguiu nem se recuperar por não ter se classificado para a Eurocopa. 

Placar: 0,5 ponto 

Grupo B - Portugal, Suíça, Hungria, Ilhas Faroe, Letônia e Andorra

Será a última Copa de Cristiano Ronaldo, mas minha aposta é na Suíça. O resto, o que inclui a Hungria, fará apenas figuração.


Eu teria acertado se PORTUGAL não tivesse tido a oportunidade de decidir o primeiro lugar em casa e feito a parte dele. Agora torço para que a Suíça pegue uma bela de uma pedreira na repescagem e não vá para a Copa. Ô futebol chato o deles! 
Total: 0 ponto

Grupo C - ALEMANHA, República Tcheca, Irlanda do Norte, Noruega, Azerbaijão e San Marino

Extremamente mamão com açúcar para a Alemanha. A Irlanda do Norte não produz nenhum jogador bom desde George Best (e, quando foi para uma Copa em 1982, não o chamou!). Assim, a vaga da repescagem ficará ou com a Noruega - mais provável - ou com a República Tcheca.


Acertei na ALEMANHA (era tão previsível que eles fecharam com 100% de aproveitamento) e errei feio no segundo lugar. Não só a Noruega ficou em quarto, como a República Tcheca também não conseguiu a classificação. A Irlanda do Norte agora será o adversário mais fácil a ser batido na repescagem.

Total: 1 ponto

Grupo D - País de Gales, Áustria, Sérvia, Irlanda, Moldávia e Geórgia

Os russos torcerão pela Sérvia, obviamente. E acho que ela se classifica, com a Irlanda/Áustria (mais a primeira) em segundo lugar.

Acertei na bucha! A SÉRVIA foi e a Irlanda é outro adversário relativamente fácil para se bater na repescagem. Observação importante: muito provavelmente a Sérvia será o segundo time dos russos na Copa - inclusive contra o Brasil.

Total: 2 pontos

Grupo E - Romênia, Dinamarca, Polônia, Montenegro, Armênia e Cazaquistão

Este sim será um grupo da morte! A Romênia caiu na repescagem na última vez, a Dinamarca chegou a ficar em segundo lugar em seu grupo (o primeiro foi a Alemanha...), mas não foi para a repescagem porque foi o pior segundo lugar, Montenegro desempenhou um papel bastante digno nas eliminatórias, perdendo o fôlego no final, ficando na frente até da Polônia. Sem prognósticos.


A POLÔNIA é um Portugal piorado: conta com um excelente atacante (Lewandovski - que nome HORRÍVEL! ) e 10 cabeças de bagre. A Dinamarca agora possui outra chance de fazer uma campanha digna - muito embora não conte com nenhum Laudrup.

Total: 0 pontos

Grupo F - Inglaterra, Eslováquia, Escócia, Eslovênia, Lituânia e Malta

Uma versão menos tensa do grupo anterior, pois a Eslováquia e a a Eslovênia ficaram em terceiro na última eliminatória. Considerando que a Inglaterra sói decepcionar, também não arrisco nenhum palpite.


Acho que exagerei na minha crítica à INGLATERRA. Ela tem um futebol bom para estar em Copas, mas não para fazer algo decente uma vez classificada. Já a Eslováquia, tadinha... Foi a pior segunda colocada e está fora.

Total: 0 pontos

Grupo G - Espanha, Itália, Albânia, Israel, Macedônia e Liechtenstein

Duas decepções na última Copa... E a Espanha, de novo, é posta com um campeão do mundo. Como o futebol espanhol está sendo melhor que o italiano, a tendência é Espanha na Rússia, Itália na repescagem.


E não poderia ter sido diferente. A única coisa que a Itália fez de bom em cima da ESPANHA no período foi eliminá-la nas outavas da Eurocopa (para sofrer uma eliminação patética frente à Alemanha nos pênaltis, com a já histórica bizarrice do Zazá). Já me decepcionei muito apostando no jogo ruim da Itália nessas últimas Copas, então vou chutar o balde para ver se eles acordam: a Itália vai ser eliminada na repescagem)

Total: 2 pontos

Grupo H - BÉLGICA, Bósnia e Herzegovina, Grécia, Estônia e Chipre

A Bélgica está com uma geração de ouro (apesar de ter ficado imperdoavelmente apática quando jogou contra a Argentina - falo isso porque estive lá), a Bósnia fez o que se esperava para sua primeira participação em Copas e a Grécia foi uma surpresa positiva. Acho que, para a vaga da repescagem, dá Grécia.


Não deu outra: a BÉLGICA irá para a Rússia novamente ser eliminada jogando de forma totalmente blasé. Já a Grécia é meio que uma Alemanha piorada: joga um futebol por vezes incrivelmente tosco que funciona. Uma das favoritas a sobreviverem à repescagem.

Total: 2 pontos

Grupo I - CROÁCIA, Islândia, Ucrânia, Turquia e Finlândia

O favoritismo é da Croácia, mas atenção: olho na Islândia. Ela está com sua melhor geração de jogadores de todos os tempos, só caiu na repescagem na última partida, justamente contra a Croácia, e está liderando seu grupo nas eliminatórias para a Euro 2016. Mais: a Holanda está nesse grupo!

Eu falei para ficarem de olho na ISLÂNDIA... Depois da zebra incrível que aprontou para cima da Inglaterra ("a fucking dentist!") - guardadas as devidas proporções, o 7 x 1 inglês - eles aproveitaram o tropeço que a Croácia - que perigou não ir ao ter que decidir sua vaga com a Ucrânia em Kiev - teve na penúltima rodada em casa contra a Finlândia e se classificaram por méritos. Já a Croácia vai para a repescagem e será uma das favoritas - mesmo contra a Grécia.
OBSERVAÇÃO IMPORTANTÍSSIMA: Caso a Islândia caia no Grupo do Brasil teremos 90% DE CHANCE DE GANHAR A COPA - a única coisa que pode atrapalhar é se alguma celebridade morrer no meio do caminho, feito o Leandro em 1998 e o Bussunda em 2006, ou se o Vasco cair de novo. Senão vejamos: em 1994, antes de irmos para os EUA, jogamos o último amistoso em casa contra a Islândia em Florianópolis e ganhamos de 3 x 0. Em 2002, jogamos contra eles de novo em Cuiabá e ganhamos de 6 x 1. Ou seja: a Islândia é pé-quente.
Aliás, seria engraçado a Islândia ser o único país escandinavo na Copa, tendo superado a Dinamarca, a Suécia e a Noruega (a classificação da Finlândia como escandinava é problemática).

Total: 0 pontos

Saldo final: 7,5 pontos, de 18 possíveis. Que horrível! Melhor sorte na fase de grupos.

terça-feira, outubro 10, 2017

Não quero ver TV, e agora?

Você chega cansado em casa do trabalho, mas não que mais ficar vendo viadagens na Globo. E também não aguenta ver 5s de Record. Além disso, não aguenta ver a programação infantil noturna do SBT. O que você pode fazer?
1) Você pode tomar um banho, dar um pequeno trato na casa, preparar a cama, ler um livro e esperar o sono vir;
2) Você ficar na internet vendo memes e vídeos idiotas
3) Você vê Netflix (e aproveita para cancelar o cabo - o Netflix só tem série esquerdista? Sim, tem. Mas ao menos ele dá liberdade para que você escolha não ver uma série dessas e (re)veja algo que você goste;
4) Vá jogar videogame

segunda-feira, outubro 09, 2017

BOICOTE - NÃO SUSTENTE ARTISTAS E INSTITUIÇÕES CONIVENTES COM A PEDOFILIA E/OU IGUALDADE DE GÊNERO

Sou daquelas pessoas que sempre relevam o que os outros artistas fizeram ou defenderam na hora de apreciá-los. A lista é enorme: Caravaggio e Leadbelly (bluseiro americano) foram assassinos. Samoth, do Emperor, pegou cadeia por tacar fogo em uma igreja - o Faust, baterista do primeiro álbum, também foi assassino. Céline (autor do ótimo Viagem ao Fim da Noite) colaborou com os nazistas. Ezra Pound era fascista (não é força de expressão não: ele foi para a Itália fazer propaganda do regime pelo rádio em plena II Guerra). Roman Polanski estuprou uma garota de 13 anos. Uns 95% de bandas que eu gosto são de esquerda. Mas ou essas condutas se restringiram a seu campo pessoal ou, no caso do Pound, foi algo tão pequeno perto do que fizeram que vale apenas na hora de estudar sua biografia.

Mas uma coisa é, digamos, o Polanski ter sido pedófilo e ter se refugiado na Europa para não cumprir pena nos EUA. Outra coisa teria sido o Polanski ter feito o que fez, não ter achado que fez nada de errado e ainda criticar quem falou que o que ele fez foi errado. No primeiro caso o Polanski é apenas um pedófilo filho de uma puta que faz bons filmes. No segundo, além de ser um pedófilo filho da puta que faz bons filmes, ele seria um cínico.

E de cínicos, meus caros leitores, devemos fugir como o diabo fora da cruz. Se querem ver a diferença entre uma sociedade cínica de uma sociedade hipócrita na ficção, basta verem o último filme da trilogia do Batman de Christopher Nolan, O Cavaleiro das Trevas Ressurge. Gothan City vivia a paz da hipocrisia (quando não se revelou que Harvey Dent tinha virado o Duas Caras e que tanto o Comissário Gordon e o Batman acordaram em colocar todos os crimes que Dent tinha cometido nas costas deste) foi substituído pela tirania cínica de Bane (que revelou a verdade sobre Gordon e Batman, mas não que explodiria a cidade). Se querem ver essa diferença na realidade, estudem a Revolução Francesa.

Enfim, com cínicos não dá para se dialogar, não dá para se tolerar, não dá para se relevar. Deve-se cortar o mal pela raiz.

Todos vimos o que houve na exposição do Santander. Não só houve uma discutível apologia da pedofilia (porque há um fator subjetivo enorme, muito embora seja uma obra de arte horrível, como sói serem as contemporâneas) ali, mas houve um INDISCUTÍVEL CRIME, que foi o vilipêndio a objeto de culto (art. 208 do código penal), com hóstias profanadas e uma imagem de Nossa Senhora segurando plugs anais.

(se você acha que é um absurdo considerar isso um crime, faça o seguinte, seu filho de uma puta meu amigo:  eleja um parlamentar que prometa apresentar um projeto de lei para abolir esse artigo do Código Penal - aproveita, se você for um sincero e radical defensor da liberdade de expressão, e defenda o fim da restrição da defesa dos ideais do nacional-socialismo).

Daí houve a "performance" do MAM. Uma liçãozinha de semiótica:

Sabe o que é isso? Se você disse "uma maçã", você ERROU 
E isso? Se você disse de novo "uma maçã", você ERROU DE NOVO:


Em ambos os casos, você NÃO ESTÁ VENDO uma maçã. Você está vendo sim é uma REPRESENTAÇÃO de uma maçã. Uma maçã é aquele fruto físico que você pode encontrar no supermecado (e que, no meu caso, vou comer em breve). Uma pintura, uma foto, uma escultura, etc. de uma maçã não são essa maçã, mas sim a representação da mesma.

Agora vou ser mais radical, e me perdoem o quadro: o que é isso? Se você respondeu "é uma representação de uma xoxota", você acertou.


Uma coisa é ver a representação de uma pessoa pelada. Outra coisa é ver UMA PESSOA PELADA representando uma outra coisa. E esse é exatamente o problema do que houve no MAM. Seria bastante estranho no mínimo ver crianças manipulando um manequim hiperrealista pelado. Agora ver crianças tocando e dando as mãos para um homem pelado já é o fim da picada.

(e algo que quase ninguém, só o Olavão, prestou a atenção: já repararam que em ambos os casos os principais patrocinadores dessas exposições foram BANCOS!?)

A Globo poderia ter ficado na dela tranquilamente apoiando sua ideologia de gênero (com uma novela que só fez sucesso porque estreou três dias depois de os outros canais abertos terem saído do cabo) em tudo quanto é programa, mas ela (junto com os "artistas") resolveu atacar, e da maneira mais BAIXA possível, comparando movimentos de boicote legais e legítimos (porque dentro das regras do jogo) à ação CRIMINOSA de um traficante crente que mandou destruir um terreiro de macumba. Eu fiquei PESSOALMENTE ofendido por esse CRIME de calúnia. Tendo em vista isso, doravante passarei a BOICOTAR INTEGRALMENTE O PROGRAMA DO FANTÁSTICO, ASSIM COMO SEUS PATROCINADORES. Além disso, passarei a boicotar também os ARTISTAS que estão confabulando não para tomar vergonha e criar uma entidade sem fins lucrativos de autocontrole (como há nos EUA em relação aos jogos eletrônicos), mas que querem PROCESSAR quem DENUNCIOU os dois fatos. Dessas pessoas não vou consumir seus produtos nem as obras das quais fazem parte.

OBS: no meu caso será bastante fácil, pois mal vejo TV e praticamente não consumo arte brasileira. Mas em todo caso...

São elas:
Fernanda Montenegro
Caetano Veloso
Paula Lavigne (e artistas os quais ela gerencia a carreira)
Fábio Porchat
Andrea Horta
Bruno Ferreri
(esses dois últimos estavam no Encontro com a Dona Regina)
Cláudia Raia
Fabiana Karla
Reinaldo Gianecchini
Carolina Ferraz
Cissa Guimarães
Renato Goes
Letícia Sabatella
Paloma Duarte
Antonio Calloni
Walcyr Carrasco (que achou tudo bem fazer um personagem que jogou uma criança numa caçamba de lixo se dar bem)

Heloísa Périssé
Alinne Moraes
Tico Santa Cruz
Mateus Solano
Débora Falabella
Paula Burlamaquy
Marisa Monte
Heloísa Périssé
Fábio Assunção (que teve a proeza de escrever um textão no Facebook defendendo a Dilma NA VÉSPERA DO IMPEACHMENT)
Maitê Proença
Patrocinadores do Fantástico:
Itaú
Natura
Unilever (Axe, Becel, Cif, Close Up, Confort, Dove, Hellman's, Knorr, Lifebuoi, OMO, Rexona, Seda, Surf, Tresemmé, Solutions, Vim, Ala, Arisco e Brilhante)

(mais alguém?

quarta-feira, setembro 13, 2017

Bolsonaro e eu - quem mudou?

Em toda a história do meu blog eu citei o Bolsonaro 4 vezes. Na primeira, após o primeiro turno de 2010, eu lamentei a eleição dele, da seguinte maneira:

"Jair Bolsonaro - Sempre é de se lamentar que um estrupício como esse seja eleito. Não é possível que as forças de segurança do Rio de Janeiro não tenham uma pessoa mais cordata."

Na segunda vez, em 2011, motivado por aquele episódio do Bolsonaro e a Preta Gil, que foi o pulo do tubarão do CQC, eu o defendi no episódio, levianamente pensando que havia sido o Bolsonaro quem não havia entendido a pergunta, quando na verdade foi a própria edição do CQC que resolveu sacanear com ele. Enfim, a defesa foi nula, e principalmente feita com base na posição que o Bolsonaro tinha em relação às cotas raciais. Mas foi uma defesa empedernida, já que eu, dentre outras coisas, o chamei de "conservador estúpido", "enrustido", e que "tem o poder de Midas às avessas, pois tudo o que fala vira merda e reverte contra si próprio".

A terceira vez, em 2013, não foi propriamente uma citação, apenas inclui o e-mail dele de deputado para tentar evitar a lei das cotas raciais. Na ocasião da votação, diga-se, ele foi O ÚNICO deputado que foi para a tribuna discursar contra, mesmo com a claque o vaiando.

Finalmente, a última vez foi em 2016, numa tentativa de definição do que seria a "extrema-direita", o colocando nessa categoria apenas como comparação aos demais políticos brasileiros.

Agora chegou a hora de refletir: quem mudou?

Bem, primeiro foi o próprio Bolsonaro quem mudou, mas isso em comparação ao primeiro mandato dele, quando recomendou o fechamento do Congresso. Ele continua defendendo o governo militar, mas hoje em dia não chega a defender a abolição da democracia. O deputado também mudou bastante em relação às privatizações. Ele foi contra a privatização da Vale, por questões nacionalistas, e agora parece ser mais simpático à ideia. Isso, obviamente, deve ter sido ocasionado pela mudança em seu eleitorado. Segue abaixo suas votações desde 1994, a posição em que ficou dentre os candidatos eleitos e a proporção em relação aos votos válidos:
1994 - 111.927 - 3º - 2,48%
1998 - 102.893 - 10º - 1,45%
2002 - 88.945 - 21º - 1,10%
2006 - 99.700 - 15º - 1,23%
2010 - 120.646 - 11º - 1,51%
2014 - 464.572 - 1º - 6,07%
É visível aqui que eu não estava de todo correto ao afirmar que o Bolsonaro foi apenas o deputado da guilda dos militares. Esse pode até ser o núcleo duro de sua base, mas - e isso é evidente sobretudo no período do PT - ele passou a aglutinar também o voto anti-esquerdista, o que explodiu em 2014.

Quem mais mudou? Bem, o próprio Brasil mudou, e PRA PIOR, sobretudo com a Dilma. E sobretudo com o STF, que: 1) aprovou ao arrepio do Código Penal o aborto de fetos anencéfalos; 2) aprovou ao arrepio da Constituição as cotas raciais; 3) aprovou ao arrepio da Constituição a união civil homossexual (e o Joaquim Barbosa no CNJ aprovou ao arrepio da Constituição E à decisão do STF o casamento).

Isso fez com que EU mudasse. Essas mudanças vieram não só depressa demais como de uma forma totalmente AUTORITÁRIA. Além disso, ultimamente tenho questionado seriamente se a democracia brasileira valeu a pena. A educação degringolou a olhos vistos e a violência está absurda. E mais: não acredito mais na moderação para lidar com todas as divergências. Há pessoas que não há outra solução a não ser mandar tomar no olho do cu e fazer todo o possível para que caiam no ostracismo.

A tendência em 2018 será de eu ir de Bolsonaro mesmo. Por mais que ele tenha tendências autoritárias (vide resultado no questionário fascista aplicado pelo Leandro Narloch para o "Guia Politicamente Incorreto da História do Mundo"), não posso ignorar que o Dória/PSDB será vassalo das fundações internacionais que consideram os tucanos o second best perante o PT. O ideal seria o Caiado, mas a ocasião não lhe é favorável. Voto no Bolsonaro como um doente toma benzetacil: vai doer pra caramba, mas tem potencial para curar o doente em uma hora.

quarta-feira, março 01, 2017

Sobre a liberação do goleiro Bruno

Não vou dizer nada que Gil Vicente já não tenha dito melhor em "O Auto da Barca do Inferno". Segue trecho:

Vem um homem que morreu Enforcado,
e, chegando ao batel dos malaventurados,
diz o barqueiro ao que chega:

DIABO
Vamos embora, enforcado!
Que diz lá o Garcia Moniz? (*)
[(*)Figura provavelmente conhecida à época, cuja identidade é hoje desconhecida e dada a muita suposição. Seria alguém importante na corte portuguesa]

ENFORCADO
 Eu te direi que ele diz:
Que fui bem-aventurado
Em morrer dependurado (pendurado)
 Como o tordo na buiz, (armadilha)
E diz que os feitos que eu fiz
Me fazem canonizado. (me fazem santo)

DIABO
 Entra cá, e governarás (guiarás o barco)
 Até às portas do Inferno.

ENFORCADO
Não é essa a nau que eu quero.

DIABO
 Digo-te eu que aqui irás.

 ENFORCADO
 Oh! Isso não, por Barrabás! (*)
 Então se Garcia Moniz dizia
Que os que morrem como eu
Ficam livres de Satanás...
[(*)O criminoso que foi libertado no lugar de Cristo a pedido da população enraivecida]
E disse que Deus quisera
De ser eu enforcado;
E que fosse Deus louvado
 Pois em boa hora eu nascera;
E que o Senhor me escolhera;
 E que por bem vi os beleguins. (pelo seu bem, foi levado aos oficiais da justiça)
E com isto mil latins,
Muito lindos, feitos de cera. (*) [
(*) Mil latins serão os discursos jurídicos e religiosos, de cera serão as velas. Para o enforcado, um condenado simplório, faz tudo parte da mesma coisa]
 E, no passo derradeiro,
Disse-me nos meus ouvidos
 Que o lugar dos escolhidos
Era a forca e o Limoeiro; (*)
 [(*) O Limoeiro era uma prisão da altura em Lisboa com a reputação de ser muito dura.]
Nem guardião do mosteiro
Tinha tão santa gente
 Como o Afonso Valente
Que é agora carcereiro.

 DIABO
 Dava-te consolação isso,
 Ou algum esforço? (*)
 [(*)Pergunta o Diabo ao Enforcado se aqueles suplícios que passara na prisão, mais as rezas de penitência, lhe valeram de alguma coisa. O Diabo pergunta isto, como já se verá, para saber se o enforcado morreu arrependido dos seus pecados e se o seu sofrimento lhe serviu de expiação dos males que antes cometera e se encontrou salvação da sua alma através das palavras das rezas.]

ENFORCADO
Aquele com a corda ao pescoço,
De muito pouco serve a pregação...
E apenas leva a devoção
De que há de voltar a jantar...
Mas quem há de estar no ar (há de ser pendurado pela forca)
Aborrece-se com o sermão.

DIABO
 Entra, entra no batel,
Que ao Inferno hás de ir!

ENFORCADO
 O Moniz esteve a mentir?
Disse-me que com São Miguel
 Eu jantaria pão e mel
 Assim que fosse enforcado.
 Ora, eu já passei o meu fado,
E já feito é o burel.(*) (e já passei o que tinha a passar)
 [(*) Burel era um tecido de artesanal feito de lã. "Já é feito o burel" era uma expressão utilizada para dizer que "o trabalho já está feito ou cumprido" ou "já se fez o que se tinha a fazer"]
Agora não sei o que é isto:
Ele não me falou ele em ribeira,
 Nem em barqueiro, nem em barqueira,
 Apenas no Paraíso.
 Isto muito no seu juízo.
 E que era santo o meu baraço... (era abençoada a minha corda)
 Eu não sei que aqui faço:
Que é desta glória improviso? (que espécie de glória é esta?)

 DIABO
 Falou-te no Purgatório?

ENFORCADO
 Disse que era o Limoeiro, (que o purgatório era a prisão)
 E com ele o saltéiro (o livro de salmos)
 E o pregão vitatório; (o discurso que se dizia antes de se enforcar alguém)
 E que era muito notório
Que aqueles disciplinados (aqueles castigos)
 Eram horas dos finados (eram bênçãos para os condenados)
E missas de São Gregório.

 DIABO Quero-te desenganar:
 Se o que tivesses aceitado,
 Certo era que te salvavas.
Mas não o quiseste aceitar... (*)
[(*) Diz o Diabo que se os tormentos e as rezas, que o Enforcado levou na prisão, lhe tivessem servido como expiação dos seus pecados, ter-se-ia salvado. Mas como não levou os castigos as rezas a sério para pedir perdão pelos erros do passado, vai para o inferno.]